Agrupamento de Escolas Templários


Tesouros do Tempo da Fundação

16 maio 2018

Dia da Escola Jacome Ratton

A 16 de maio de 2018 comemoram-se 134 anos da receção pela Câmara de Tomar de um ofício do conde de Tomar, deputado às cortes, participando a criação por carta de lei no dia 6 de maio de 1884, da Escola de Desenho industrial  Jacome Ratton.

A criação desta Escola vem no seguimento de uma ‘’representação’’ formulada ao governo em reunião da Câmara a 9 de janeiro de 1884, para que Tomar fosse contemplada com uma das escolas de Artes e Ofícios, recentemente criadas no dia 3 de janeiro, sendo duas no Porto (Faria Guimarães no Bonfim e Infante D. Henrique em Villar) duas também em Lisboa (Gil Vicente em Belém e Afonso Domingues em Xabregas)  e uma em Vila Nova de Gaia (Passos Manuel), Coimbra (Brotero) e Covilhã (Campos Mello).

Sete meses depois da criação por carta de lei da Escola de Desenho industrial Jacome Ratton, no n.º 242 do jornal ‘’A Verdade’’ de 14 de dezembro de 1884, noticiava-se a ‘’… abertura (9 de dezembro) da nova aula’’ não deixando no entanto de informar que ‘’Estranhou-se que a camara municipal não comparecesse n’este acto e não inaugurasse a nova aula por uma forma aqduada a comemorar mais uma conquista civilizadora.’’

Referimos no entanto que de todas as escolas criadas neste ano de 1884, a Jacome Ratton foi a terceira a ser inaugurada, como se disse, a 9 de dezembro desse mesmo ano.

Como nota informativa dizemos ainda que:

- em 25 de abril de 1889, a Escola de Desenho é transformada em Escola Industrial, o que implica que à disciplina de Desenho industrial se juntem Desenho elementar, Desenho geométrico rigoroso, Desenho de ornato, desenho de arquitectura, Desenho de máquinas, Desenho de figura, Aguarela, Modelação, Aritmética e geometria elementar, elementos de física e mecânica e finalmente língua francesa;

- o ensino manual, criado por despacho de 11 de dezembro de 1886, começou em 15 de fevereiro de 1887, compreendendo, Trabalhos em madeira e Trabalhos em ferro.

No âmbito desta comemoração, mas também tendo em conta que este ano (2018) se celebra o Ano Europeu do Património Cultural, a equipa da Biblioteca Escolar tem em Mostra alguns ‘’Tesouros do Tempo da Fundação’’. Nesta Mostra Documental está disponível um conjunto selecionado de documentos da segunda metade do século XIX de todas as áreas do saber em que o seu estado de conservação convida exclusivamente à observação. Destacamos no entanto que o livro mais antigo em exposição ‘’Vida pública e privada’’ data de 1849.

Parte significativa deste Fundo ‘’histórico’’ é escrito em língua francesa e publicado em França, o que revela a predominância da cultura francesa, na ciência nas artes e nos ofícios.

Em visita guiada serão naturalmente destacados pormenores e características da documentação em exposição.

 

 

↑ Retroceder ← Anterior Seguinte →